Arquivo da tag: mosaicos

As garças

As garças voltaram!
Brancas, onduladamente,
pousaram no meu coração.
O lago as recebeu em silêncio
na cidadania.
As flores, com liberdade.
Os olhos acompanharam seu voo suave
ao câmpus,
ao paciente e indiferente estar
para as fotos do Jones.

Todos sorriram para as garças
com alegria!

As garças brancas vieram saciar a fome
na Praça da Cidadania.
Comeram os peixes do lago em liberdade
enquanto houve.
Ilustraram catálogos, agendas, o Jornal Universitário.
Penetraram no Livro da Criação Latino-americana
de Rodrigo De Haro
bicando uma cobra-coral.
E depois partiram
pelo mesmo voo branco, ondulado, suave,
para os lados do mangue do Itacorubi.

Todos sentiram saudades das garças!

As garças vão e voltam
como as ideias, os sentimentos
e os sonhos suaves, ondulados, brancos
da imaginação.
Só permanecem enquanto gostam
do silêncio, das flores, do alimento,
da efêmera felicidade.
Mas o vôo das garças alcança o infinito
da liberdade e da cidadania.

Todos perguntam quando as garças voltarão!

Antônio Diomário de Queiroz
Florianópolis, 31/10/95
Transposição em mosaico, 12/04/2016