resumo: sucesso sem stress

                        Dr. Artur Zular é formado em clínica médica, cardiologia e psicossomática. No atendimento aos seus pacientes, observou que “atrás de cada queixa física há um problema emocional”. Assim sendo, acredita que a saúde da pessoa, além do bem-estar físico, psíquico e social, deve incluir o bem-estar espiritual, a crença num ser superior e divino.

                        SUCESSO SEM STRESS é o tema do livro que escreveu então, “para que você possa chegar aos cem anos saudável, com a mente lúcida e com pleno sentimento de realização”. Estas páginas apresentam um resumo de suas sugestões para que todos alcancem qualidade de vida e sucesso.

                        Na primeira parte, o Dr. Zular conversa sobre a importância do sucesso para a qualidade de vida e a saúde de cada um de nós. Apresenta caminhos para aprender a lidar com o stress, seus tipos, origens, situações em que ele se instala. A pessoa que consegue controlá-lo pode fazer dele um aliado para o sucesso.

                        Na segunda parte, ele sugere, de modo positivo, algumas dicas para uma existência prazerosa, com vida saudável, bem-estar e harmonia. Destaca a importância da alimentação, os benefícios do esporte, o papel importante do prazer e da espiritualidade para a prevenção do stress e da doença.

PRIMEIRA PARTE – SUCESSO E QUALIDADE DE VIDA 

                       Sucesso                   

                   O Dr. Zular nos ensina que “ter sucesso é estar em harmonia em todas as esferas da existência”, mantendo o equilíbrio físico, psicológico, social e espiritual em todas as etapas da vida.

                     Uma pessoa de sucesso usa sua inteligência emocional para lidar com as questões do cotidiano. Trabalha com dignidade, valorizando seus potenciais e fazendo o bem para si mesmo e para os outros. Isto possibilita evitar o stress e entender as exigências da vida sem sofrimento, de acordo com as possibilidades reais de cada um. O conceito de sucesso “passa por uma profunda reflexão sobre nossas relações sociais, no trabalho e na família, com os amigos e na comunidade, com o ‘eu’ interior e com seu correspondente no macro universo”.

                        Mesmo vivendo numa sociedade capitalista, não se deve confundir sucesso com a busca desenfreada por dinheiro. Para qualquer nível de renda, o importante é usar o dinheiro, aproveitando as comodidades que pode trazer, fazendo o bem e priorizando as necessidades mais importantes.

                        Sucesso, destaca o Dr. Zular, “é trabalhar com aquilo de que se gosta”. A pessoa deve ocupar-se com alguma atividade que lhe proporcione prazer. Assim, evita uma das principais causas do stress: “trabalhar brigando com a realidade”. O ideal é trabalhar lado a lado com os colegas, de maneira harmoniosa.

                        A gente deve trabalhar sempre, mesmo depois de aposentado. Ser aposentado não significa ser inativo. O indivíduo em atividade adoece menos. Mas o recomendado é trabalhar sem stress, no limite das suas forças e capacidades. Ter sucesso é encontrar em todas as idades novos caminhos que possibilitem fazer de cada minuto uma experiência mágica.

                        Qualidade de vida

                         Uma vida satisfatória é o bem maior que uma pessoa pode almejar. O Dr. Zular é afirmativo: “As conquistas só valem a pena quando acompanhadas de tranquilidade emocional, saúde física, relacionamentos familiares e sociais que tragam satisfação e bem-estar. Esse é um aspecto importante da qualidade de vida”.

                        A saúde é uma conquista possível. Para isso, torna-se fundamental adquirir hábitos saudáveis, evitar vícios como o álcool, o cigarro e outras drogas, ter alimentação que contemple todas as necessidades nutricionais e que seja proporcional ao gasto energético diário da vida.

                        Não podemos nos esquecer, entretanto, que às vezes a doença vem. Normalmente aparece na nossa área de menor resistência, isto é, aquela em que temos predisposição de problematizar. Nesse sentido, como afirma o Dr. Zular, “a doença nada mais é do que a materialização de uma angústia, um conflito. É a conciliação entre nossas pulsões (nossa necessidade de reagir) e nossos mecanismos de defesa (que não nos permitem reagir, porque não seria social ou pessoalmente aceitável). A doença é um substituto de uma satisfação instintiva, ou seja, é consequência de um processo de repressão”.

                        Somos um todo formado de mente e corpo. Daí o aparecimento da doença psicossomática. Alguns exemplos: gastrite, colite, alergias, úlceras, rinites, cefaleias, diarreia, crises hipertensivas, anorexia, obesidade. Seu tratamento deve levar em conta também suas causas emocionais. Mas mesmo quando a doença tem outras causas, precisamos às vezes que ela aconteça para empreender uma reorganização geral dos aspectos que desequilibram nossa vida.

                        Entendendo o Stress

                        Assim o Dr. Zular define o stress: “É o conjunto de reações que o organismo desenvolve ao ser submetido a uma situação que exige esforço de adaptação”. Explica ele que o desgaste não se refere à situação em si, como muitos pensam, mas é o resultado dela.

                  No livro, apresenta quatro tipos de stress: agudo, sequencial, intermitente crônico e crônico. Esclarece que existe um stress bom, porque a dose de adrenalina produzida prepara para reações positivas como o amor, a defesa pessoal, as competições atléticas ou outras situações novas e desafiadoras. No entanto, existe também o stress ruim, aquele que nos paralisa, que desequilibra, que vai nos comendo por dentro e que provoca as doenças.

                 Seja o stress bom ou ruim, ele é sempre consequência de uma expectativa, em geral a expectativa de alcançar um objetivo, à qual se dá o nome de ansiedade. Por isso é importante fixar objetivos possíveis de ser alcançados, com final feliz. Isso vale também para ser aplicado na educação das crianças. Muitas crianças de hoje estão estressadas por uma agenda extenuante de estudo e trabalho que não contempla seu direito de brincar. Ou se estressam quando são feitas cúmplices contra algum membro da família, o que gera sentimentos de culpa.

                        O Dr. Zular expõe a Síndrome Geral da Adaptação do organismo às mudanças. As fases de alarme, de resistência e de esgotamento podem provocar diversos impactos no organismo humano, inclusive os riscos de desenvolver câncer. No livro, o leitor pode consultar escalas de stress para adultos e jovens e testes para medir o nível de stress.

 SEGUNDA PARTE – SUCESSO SEM STRESS

                                 Prevenção e prazer

                       Na maioria das vezes é possível vencer o stress, como propõe o Dr. Zular na segunda parte de seu livro: “Se não podemos evitar aquilo que causa o stress, isto é, as situações que nos levam a sofrer desgastes emocionais e físicos, podemos aprender a lidar com elas a ponto de que não nos causem mais stress”.

                           O primeiro passo é manter uma postura ativa e positiva de ação, usando nossas energias construtivas, num esforço consciente, para enfrentar nossas forças destrutivas e abrir o caminho para novos referenciais de vida. É melhor prevenir do que remediar, não buscando apenas a cura ou solução dos males, mas atuando no sentido de evitá-los.

              O segundo passo é tornar a vida mais prazerosa. Os pequenos prazeres temperam o dia a dia, assim como os grandes prazeres. Um prazer que a correria diária tira do homem moderno é o lazer, aquele momento agradável dedicado a fazer algo que a gente gosta muito.

             O lazer nos ajuda a desacelerar o ritmo estressante ao qual submetemos o nosso organismo. Um pouco de ócio, o cultivo de um hobby, os momentos mágicos com os filhos e netos, o aconchego do cônjuge, um sono à vontade, uma boa leitura, as orações e a espiritualidade em dia, tudo isto nos faz desacelerar. Sorrir rejuvenesce, e ocupar-se com pensamentos positivos ajuda a realizar coisas construtivas.

                Vencendo a ansiedade e as artimanhas do coração

       Muitas vezes sofremos por antecipação por problemas que jamais irão acontecer. O resultado é a ansiedade, um potente fator de corrosão da saúde. O Dr. Zular nos ensina que “é necessário fazer as pazes com a realidade que nos cerca e modificar a forma de pensar as agruras do dia a dia. Isso se chama dessensibilização. Se Você não se mostrar tão sensível aos problemas cotidianos e àquilo que interpreta como causas do mal-estar, seu grau de stress diminuirá”.

            Outra maneira de manter a ansiedade sob controle é definir objetivos possíveis e evitar fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Isto nos deixa tensos e ansiosos. A ansiedade gera a angústia e a angústia gera doenças.

        Outro grande fator gerador de ansiedade é a sensação de estar velho. É a idade emocional que é básica para a autoestima em nossa vida. Podemos e devemos usar a serenidade e a sabedoria da maturidade em nosso benefício. O processo de envelhecimento não traz ansiedade a quem se sente satisfeito pelo simples fato de estar vivo.

               Por outro lado, é preciso cuidar do coração, pois é o órgão que mais reage às emoções. Não devemos deixar que ele chegue ao seu limite. O Dr. Zular apresenta os principais fatores de risco para o coração, inclusive os hereditários, e várias medidas preventivas para suas doenças. Acrescenta também algumas considerações sobre o excesso de peso, a depressão, o vício do cigarro e algumas especificidades sobre a doença coronariana em mulheres, adolescentes e crianças.            

                                Alimentação e esporte

                          Ao final deste segundo capítulo, é destacada a importância da alimentação e da prática do esporte para prevenir o stress.

                  Obesidade e mecanismos de regulação do apetite, rotina alimentar saudável, os segredos da boa alimentação, cálculo do índice de massa corpórea, a dieta do bom senso, o milagre da água, a importância das vitaminas e ervas são temas abordados pelo Dr. Zular de forma concisa e com preciosos aconselhamentos.

                 Ele considera impossível buscar o emagrecimento ou a manutenção da forma física sem fazer exercícios e demonstra de maneira convincente os benefícios do esporte. A importância de andar e de fazer exercícios na medida certa é fundamental para o sucesso.

            Do Apêndice, merece destaque a frase do Dr. Zulauf em que aconselha a escolha de um médico com visão ampla, dirigida não à doença e sim à saúde:

                           “Um bom médico não oferece soluções como quem dá fórmulas prontas. Isso não funciona. O bom médico ajuda a pessoa a procurar, dentro de suas próprias possibilidades, as melhores soluções para aquilo que a aflige”.

Resumo da obra elaborado por Antônio Diomário de Queiroz

Florianópolis, junho de 2012.

 

                     

Um comentário em “resumo: sucesso sem stress”

  1. O livro Sucesso sem Stress nos leva a rever alguns conceitos e hábitos de vida diária trazendo o novo como alternativa para mais saúde.
    O resumo remete à obra e desperta a vontade de ler o texto na íntegra. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.