Sustentabilidade econômica, social e ambiental pela educação, ciência, tecnologia e inovação

Apresenta a educação, ciência, tecnologia e inovação como principal base de sustentação do desenvolvimento econômico, social e ambiental. Após conceituar o desenvolvimento sustentável e sua fundamentação na legislação brasileira, apresenta o exemplo de Santa Catarina, a partir da Lei Catarinense de Inovação, da Política de Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação, os diversos instrumentos, programas, processos e organização sistêmicas para o desenvolvimento equilibrado e com justiça social do território, concluindo pelo estudo de valorização do carvão mineral do Sul do Estado.

O professor e a construção do saber para a cidadania

Palestra proferida no dia do professor, destacando sua responsabilidade na formação de cidadãos, com base nos valores propostos por pensadores gregos e por filósofos ao longo da história, Analisa a correspondente evolução dos modelos didático-pedagógicos e a realidade contemporânea da sociedade em rede de conhecimento e da comunicação que ampliou os processos de interacionismo social.

Ciência e tecnologia para o desenvolvimento social

Destaca a responsabilidade social da universidade na promoção do desenvolvimento regional e contextualiza a criação da Universidade Federal da Fronteira Sul para promover o desenvolvimento da região das missões na fronteira sul do Brasil, exemplificando com programas de pesquisa e extensão que atendam às aspirações dos movimentos sociais que lutaram pela criação da UFFS e que exercem o controle estratégico social sobre a instituição.